quinta-feira, 13 de outubro de 2011

PV de Gravataí é pivô do processo de cassação da prefeita Rita Sanco


O centro nervoso do PT no Rio grande do Sul está transferido para Gravataí onde será decidida a situação sobre a cassação do mandato prefeita Rita Sanco ( PT )
Contra a prefeita, constam denúncias de irregularidades em negociações de dívidas da sua administração. Além disso, o procurador-geral do município, Ataídes Lemos da Costa, seria o responsável pelas ações da família da prefeita.
As irregularidades foram apresentadas para Justiça e a Câmara Municipal pelo professor Marcos Monteiro que também é presidente do PV de Gravataí .
A situação da prefeita é grave, pois dos 14 vereadores, até agora ela conseguiu apenas 4 intenções  de votos a seu favor. Caso se confirme a cassação que também derruba seu vice, assumirá o presidente da Câmara de Vereadores Nadir Rocha (PMDB) e o vereador Ricardo Canabarro (PV) passaria a presidir a Câmara de Vereadores de Gravataí. A decisão lotará a sessão da Câmara nesta sexta-feira (14/10) , que além de longa será muito tensa prevê  Canabarro vereador do PV.

Um comentário:

  1. PARABÉNS E ASSIM QUE CONSTRUIMOS UM PAÍS MELHOR;CHEGA DE CORRUPÇÃO;

    ResponderExcluir