terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Partido Verde RS teve sua útima reunião do ano


A reunião do PV RS ocorreu neste dia 20 de Dezembro de 2010 na Assembléia Legislativa do RS. A pauta foi diversa, tratando de assuntos administrativos a conjuntura política. O Partido Verde do RS está concentrando suas energias na estruturação e ampliação de executivas municipais no estado. O recente aumento desproporcional  apresentado pelos deputados federais aos seus próprios salários, que agora provoca um efeito cascata também é considerado pelos verdes como um descaso com o dinheiro público.
Os integrantes da direção estadual do PV RS desejam a todos Boas Festas

domingo, 5 de dezembro de 2010

PV RS Reedita Carta do Rio do Sinos em 2010





Neste sábado 04 de dezembro de 2010 o PV do RS se reuniu em clima confraternização em uma Chácara na Vila Nova em Porto Alegre. Os presentes se manifestaram sobre idéias de trabalho desenvolvidos em diversas regiões do RS.
O tema dominante foi a organização do PV pós eleições. Uma das questões levantadas foi o novo crime ambiental que sofre o Rio do Sinos. A situação está sendo investigada pelo Ministério Público. O Partido Verde do RS que veementemente chama atenção dos gaúchos sobre a preservação dos recursos naturais. O PV reedida a Carta do Rio do Sinos sem mudar uma vírgula exeto, data e local. Pois o mesmo conteúdo foi apresentado as autoridades públicas e a imprensa gaúcha também em 2007.



CARTA DO RIO DO SINOS:


MANIFESTO DE REPÚDIO A ACEITAÇÃO DA MORTE DO RIO


O PARTIDO VERDE, reunido na Câmara de vereadores de Novo Hamburgo , nos dias 06 e 07 de outubro de 2007, ( Porto Alegre em 04 de Dezembro de 2010 )em atividade alusiva a tragédia ocorrida em outubro de 2006 e 4 de dezembro de 2010... considerando:

- A SITUAÇÃO DA MORTE DE MAIS DE 85 TONELADAS DE PEIXES OCORRIDA EM OUTUBRO DE 2006; ( Morte de mais de 17 toneladas em dezembro de 2010 )

-que a mortandade NÃO GEROU NOVOS PROCEDIMENTOS EFICIENTES E EFICAZES, bem como investimentos para tratamento das condições críticas na qual se encontra o Rio do Sinos;

- a importância da bacia hidrográfica do Rio do Sinos no abastecimento público e usos múltiplos das águas;

- o ESTADO AMBIENTAL PRECÁRIO de suas águas utilizadas pela população dos 32 municípios, com um contingente populacional de mais de 1,3 milhões de usuários;

- a FALTA DE POLÍTICAS PÚBLICAS adequadas ao tratamento da GRAVE SITUAÇÃO na qual o Rio do Sinos se encontra;

- a FRAGILIDADE, DESCONTINUIDADES E PRECARIEDADE das administrações públicas, em especial dos órgãos envolvidos na proteção ambiental e no abastecimento de águas para as comunidades da bacia hidrográfica;

- a necessidade de construção de NOVOS MODELOS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICAS com compromisso na DEFESA DA VIDA E NA PROTEÇÃO DO AMBIENTE como um todo, torna público que o PARTIDO VERDE se compromete:

1-Em difundir e ampliar o debate qualificado sobre as alternativas para garantir o desenvolvimento sócio-econômico com a proteção ambiental sustentável;

2-Em elaborar e executar políticas públicas comprometidas com a recuperação, proteção e melhoria da qualidade ambiental da bacia do Rio do Sinos;

3-Em defender a qualificação, ampliação e fortalecimento das estruturas técnico-administrativas dos órgãos de meio ambiente nas instâncias correspondentes (municipal, estadual e federal);

4-Na elaboração de material informativo qualificado sobre a realidade ambiental do Sinos, ampliando as ações de educação ambiental formal e informal, bem como proporcionando a difusão de dados por intermédio dos meios de comunicação, ampliando o conhecimento e qualificando o senso crítico da população sobre o tema;

5-Na defesa da qualificação da administração pública responsável, combatendo a descontinuidade e a gestão ineficiente, em especial da corrupção e do desperdício dos recursos públicos;

6-Promover a inserção da variável ambiental em todas as políticas setoriais, como habitação, saneamento, segurança, transporte, educação, entre outras, qualificando os resultados e promovendo a inovação científica e tecnológica;

7-Promover ações de despoluição do Rio do Sinos a curto, médio e longo prazo, estimulando o envolvimento e o comprometimento social;

8-Desenvolver programas e projetos de reciclagem, recuperação da mata ciliar dos arroios formadores e Rio do Sinos, integrando os setores públicos e privados;

Partido Verde/RS, 7 de outubro de 2007.
Partido Verde/RS, 04 de dezembro de 2010


Marivaine Alencastro
Presidente PV RS

Marco Santos Mikonga
Comunição PV RS

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Encontro de Confraternização do PV RS

Local: Sede Campestre do Unificado ( Estrada Cristiano Kraemer, Beco 2 - B. Vila Nova Porto Alegre )
Data:04/12/2010
Hora: 9:30
Almoço no local. R$ 15,00 ( pagamento deverá ser antecipado ao comitê de organização do almoço- Diretamente na Sede do PV/RS ou depósito na conta com Carlos Neher)
Banco Bradesco
Conta Poupança
Agência 2532 digito 1
Conta Poupança número 1001121 digito 3
Nome: Carlos Roberto Neher

A idéia é reunir o maior números de verdes do RS para um debate de idéias de forma descontraída em clima de confraternização.
Onde sejam apresentadas as Executivas Municipais, integrantes da Executiva Estadual e novos filiados.
O momento será oportuno tanto no grupo como também entre os presentes para trocas de idéias.
A sistemática do encontro proposto será apresentada por Alda Miller.
O local, data do futuro evento serão decididos, além de sugestões e engajamentos de colaboradores a proposta.

Confirme presença fone PV RS 3085 2109
executivapvrs@gmail.com

Participe!

Confira local no mapa

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Executiva do PV RS tem homologada sua validade até Março de 2011

O presidente nacional do PV José Luiz de França Penna homologou a Executiva Estadual do PV RS com validade até março 2011, assim constituida;

MARIVAINE ALENCASTRO BARBOSA
Presidente

NELTON VANTUIR SCHMIAT
Vice Presidente

ROBERTO RACHELLE WINKLER
Vice Presidente

JOSÉ RENATO ROSSAL CARVALHO
Secretário de Finanças

ANA ELISA PRATES
Secretário de Organização

LUIZ FILIPE VIEIRA CORREA OLIVEIRA
Secretário - FORMAÇÃO

GIOVANI PAULO CARMINATTI
Secretário - ASSUNTOS JURIDICOS

MARCO ANTONIO DOS SANTOS
Secretário - DE COMUNICAÇÃO

LUCIANO PERLIN MULLER
Secretário - DE RELAÇÃO PÚBLICAS

DORIS LEA SCHLATTER
Secretário - DA MULHER

MARCOS LEANDRO GREFF MONTEIRO
Secretário - ASSUNTOS PARLAMENTARES

MARA VANESSA POHISMANN
Secretário - DE MEIO AMBIENTE

WILLIAM MELO
Secretário - DA JUVENTUDE

JULIO CESAR SAWAYA
Secretário - DE DESENVOLVIMENTO

RENATO SARAIVA FERREIRA
Secretário - DE PLANEJAMENTO ESTRATEGICO

VALDEMIR LIMA FERNANDES
Secretário - DE OUVIDORIA E SEGURANÇA

ANTONIO CARLOS PAZ
Secretário - DE ATIVISMO

CRISTIANO FERREIRA MORAES
Secretário - DA REGIÃO METROPOLITANA

WALMOCIR SILVA REIS
Secretário - DE INFORMÁTICA

VALMIR RODRIGUES DA SILVA
Secretário - DE EVENTOS

NALU BEATRIZ MACHADO
Secretário - DE ASSUNTOS DO TERCEIRO SETOR

MONTSERRAT MARTINS
Membro

JORGE XAVIER FONSECA
Membro

MARIA DE LOURDES DALLACORTE
Membro

SANDRA MENEGETTI SADER
Membro

Proposta do Senado Federal quer tornar os Pampas patrimônio nacional

Entendendo que os Pampas integram um conjunto de espécies vegetais e animais com características próprias, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aprovou, na manhã de ontem (17/11/10), iniciativa do senador Paulo Paim (PT-RS) incluindo essa formação na lista dos biomas brasileiros. A proposta - PEC 05/09 - inclui, na mesma lista, o Cerrado e a Caatinga. O Senado Federal, contudo, já aprovou, em julho deste ano, matéria contemplando esses dois biomas - a PEC 51/03 -, de autoria do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que agora aguarda deliberação na Câmara dos Deputados. Relatora da matéria na CCJ, a senadora Marina Silva (PV-AC) afirmou, em seu relatório, que os Pampas ocupam 63% do território gaúcho, sendo o único bioma cujos limites estão dentro de um único estado.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

PARTIDO VERDE REALIZA ATO DE FILIAÇÕES EM SANTA MARIA

No dia 19 próximo, sexta feira, em almoço no Restaurante Augusto, o Partido Verde, Pela sua Comissão Executiva Municipal, realiza ato de filiações de novas lideranças que ingressam na legenda.
Entre as figuras que integrarão o Partido, destaca-se Laurindo Lorenzi, que foi Secretário de Meio Ambiente na Administração Schirmer e Candidato a Deputado Estadual nas últimas eleições pelos Democratas.
O ambientalista Paulo Estrázula, que foi Secretário de Cultura na última Administrção de Osvaldo Nascimento e Suplente de Vereador na Administração seguinte, é outro reforço à ser apresentado pelo partido.
Um conjunto de novas lideranças, sindicais e comunitárias completam a lista de novos filiados que estarão sendo recepcionadas pela comissão Executiva do Partido em Santa Maria.
A Direção Partidária Municipal, em reunião realizada na última quin ta feira, considerou altamente positivo o desempenho eleitoral das candidaturas verdes, principalmente a de Monserrat ao Governo Estadual e Marina Silva a Presidente, dando visibilidade ao partido e intervindo positivamente no grande debate nacional que se estabeleceu em torno do programa de governo.
Considerou ainda que o momento que vive o partido é muito importante e de crescimento no Município, no Estado e no País.
AS lideranças mais conscientes e preocupadas com os problemas sociais e ambientais começam a caminhar em direção ao Partido Verde, atraídos pela seriedade de suas propostas e firmeza com que são defendidas pelo partido e sua militância.
A Direção Partidária Municipal, saúda os novos filiados e investe forte no futuro promissor da legenda em nosso Município.
Luiz Henrique Figueiredo
Presidente da Comissão Executiva Municipal do PV de Santa Maria.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

OBRIGADO MARINA!

Marina, a tua candidatura a presidência da república, mesmo com as dificuldades que todo candidato sério encontra, querer prestar um serviço ao seu País, através da conscientização e da maneira transparente de fazer política, é quase impossível, nesta selva de pedra.

Mas... tu conseguiste Marina, com toda a tua aparente fragilidade, foste uma heroína como um beija flor, querendo apagar o incêndio na floresta, tu salvaste a dignidade de muita gente, que acreditou e acredita em tuas propostas.

Muitos brasileirinhos sentiram o prazer de ver que é possível sim, ser digno, sério, honesto e transparente, enfim qualidades que se havia perdido ou que para muitos é coisa de sonhadores.

Sim... Sonhei que poderia haver a possibilidade do Brasil ter uma presidente do teu quilate, pois tu Marina com certeza, mudou a forma de pensar de milhões de pessoas que começaram a sonhar juntos e tenho a convicção que este sonho se tornará realidade um dia, como dizia o poeta, um sonho que se sonha só, é só um sonho, mas um sonho que se sonha com milhões de pessoas é uma realidade!

Obrigado Marina por fazer os meus filhos e os filhos do Brasil terem orgulho de uma mulher política, pois muitos deles já começavam a achar que política é coisa de corrupto, oportunista que se locupletam do dinheiro público, eles agora acreditam que pessoas de bem existem.

OBRIGADO MARINA! OBRIGADO MARINA!

Jânio Alberto Lima

ONG WW BRASIL

domingo, 17 de outubro de 2010

Partido Verde em convenção nacional decide por Independência no Segundo Turno



A posição do PV foi tomanda neste domingo 17/10/2010 em São Paulo por seus dirigentes. Marina Silva leu carta aberta aos candidatos Serra e Dilma. O conteúdo da carta chama atenção as propostas apresentadas a ambos sobre um país justo e sustentável.Reconhece valores em ambos os candidatos, mas fez críticas a velha forma de fazer política.Reconhece que o voto não é de um nem de outro e sim do povo brasileiro.A independência é o rumo tomado pelo PV.Os integrantes do PV poderão de forma pessoal optar por um ou outro candidato.

sábado, 16 de outubro de 2010

Propostas apresentadas pelo PV para Dilma e Serra

As propostas apresentadas pelo PV estão divididas nos seguintes temas:

Transparência é ética – tornar mais acessíveis os dados de execução orçamentária do Sistema Integrado de Administração Financeira do governo federal (SIAFI);

Reforma eleitoral – envio ao Congresso de projeto de reforma eleitoral com adoção do voto distrital misto e financiamento publico de campanha;

Educação – investimento de 7% do PIB no setor público de ensino;

Segurança pública – ênfase no direcionamento do Fundo Nacional de Segurança para complementar os salários dos policiais;

Mudanças climáticas – criação de uma agência reguladora independente para a política nacional de mudanças climáticas;

Seguridade Social – ampliar, até 2014, o acesso a rede de esgoto para 75% dos domicílios brasileiros e para pelo menos 50% o total de casas com tratamento de esgoto coletado;

Proteção dos biomas brasileiros – veto às propostas de alteração do Código Florestal que reduzem as áreas de reserva legal, de preservação permanente ou que promovam anistia a desmatadores;

Gasto público – limitação da expansão dos gastos de custeio do governo federal à metade do crescimento do PIB;

Política externa – promover a paz, a liberdade, a democracia e o respeito aos direitos humanos;

Diversidade cultural – conclusão da demarcação e homologação das terras indígenas e criação de fundo para apoiar projetos indígenas;

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PV RS levará posição pró-Serra na Convenção Nacional





Nesta quinta-feira 14/10 lideranças do PV RS estiveram reunidas em Porto Alegre em sua sede estadual na Farrapos, 2032 tendo como pauta; Avaliação da Campanha e o Posicionamento do PV RS frente a decisão que será tomada pela direção nacional da sigla em convenção neste domingo em São Paulo.Cada membro inscrito opinava referente os resultados eleitorais obtidos nas eleições de 3 de outubro pelo Partido Verde.Teciam suas críticas frente aos erros e acertos e também sugeriam rumos ao que o PV RS deveria tomar frente ao segundo turno das eleições.A relevante votação de Marina Silva e a importância do desempenho dos votos para quebrar o plebicito que se encaminhava, abrindo espaços para propostas do Partido Verde no programa de governo dos atuais candidatos.Também foi discutido.A relevância de todos os candidatos do PV RS que foram aguerridos para que o resultado positivo de Marina Silva.Ao final foi efetivado a votação refente ao posicionamento ficando assim distribuido os votos da reunião em 3 votos para apoio a Dilma,11 votos pela neutralidade ( ou Independência ) e 22 votos em apoio a Serra.Portando a posição do PV RS é que apresentará em convenção Nacional apoio ao Serra, atendendo é claro condicionantes de implementação de pontos importantes defendidos pelo PV, já apresentados aos candidatos.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Convenção definirá posição do PV no segundo turno.

O PV anunciou hoje que fará no dia 17, em São Paulo, a convenção para definir a posição do partido no segundo turno da eleição presidencial. Participarão dessa plenária cerca de 90 pessoas, entre elas cinco representantes do Movimento Marina Silva, cinco colaboradores do plano de governo, cinco delegados religiosos - integrantes de entidades cristãs -, candidatos da legenda que disputaram os pleitos estaduais, a executiva nacional da sigla e a coordenação da campanha da senadora Marina Silva (PV-AC), além de deputados eleitos da agremiação.

O presidente do Diretório Estadual do partido em São Paulo, Maurício Brusadin, adiantou hoje que a postura da minoria da legenda será respeitada e que cada militante terá o direito de ter um ponto de vista contrário ao que será definido. "Isso vale também para Marina", afirmou Brusadin. Amanhã, um grupo formado por 21 cooperadores da campanha se reunirá para definir os dez itens da plataforma de Marina que serão sugeridos aos candidatos a presidente Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).

"Vamos ver o quanto eles se comprometem com essas causas, mas também não vamos lidar com isso com a faca na garganta (de Dilma e Serra)." O presidente do Diretório Estadual do PV de São Paulo afirmou que a negociação com petistas e tucanos será baseada no programa a ser apresentado a eles e que está fora de cogitação a discussão de cargos. "Não nos interessa ocupar cargo", avisou.

Brusadin admitiu que existem divergências na sigla sobre qual rumo tomar. "A campanha de Marina é uma diversidade. É difícil dizer que tenha uma tendência porque há uma variedade de cores: há os verdes-verdes (os que pregam a neutralidade), os verdes-vermelhos e os verdes-azuis." De acordo com ele, os entendimentos não podem partir do princípio de acordos da agremiação com o PSDB ou o PT feitos no passado porque o resultado das urnas deu uma nova situação política ao PV. "Hoje, o PV é outro partido. São 20 milhões de votos."

Gabeira

Em defesa do candidato derrotado a governador do Rio Fernando Gabeira (PV), Brusadin disse que a posição dele é um caso excepcional porque a candidatura foi viabilizada com o apoio do PSDB. "A posição dele tem a ver com a aliança estratégica dele. Alguns abriram o voto antes porque não tivemos a agilidade para segurá-los."

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O sucesso de nossa campanha é uma questão de exposição das candidaturas.



Nestes últimos dias temos que pegar a bandeira, placas, cartazes ,adesivos e panfletos e procurar um local ainda melhor do que já estava e avançar. Coloque mais a frente, envie o email para quem ainda não enviou, aborde aqueles que ainda não receberam materiais. Exponha esta bandeira mais alto e em um lugar de melhor visibilidade. Mantenha no carro sempre que sair. Empunhe esta bandeira com orgulho.Vamos! Vamos! Vamos!
Já estamos quase com 20%.Sinto isso! Meu carro é embandeirado com Marina. Muita gente passando por mim no trânsito e fazendo positivo.
Coloquei uma banca com materiais de campanha em Novo Hamburgo. O povo passava de carro e pedia de maço material de Campanha.
Sugestão... pegue o baner da Marina, recorte e cole com adesivos nas extremidades em + um carro de parente ou amigo

domingo, 19 de setembro de 2010

Estamos quase virando o jogo!



O afeto dos gaúchos pela candidata a presidente Marina Silva indica o crescimento de volume de campanha que inevitavelmente será refletido nas próximas pesquisas. Marina esteve em Porto Alegre neste domingo além de empolgar os verdes encantava as pessoas por onde passava. Marina solicitou a militância verde empenho maior e disse "já estamos quase virando o jogo!"

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O significado de 1% na pesquisa atribuido ao candidato Motserrat Marins do PV RS




O significado deste 1% na pesquisa atribuído ao nosso candidato Montserrat Martins (É a primeira vez que ele pontua) rompe fronteiras além pesquisa, sinaliza o amadurecimento do Partido Verde junto ao eleitor gaúcho,fará com que o PV eleja seus primeiros candidatos a deputados federais e estaduais no RS, demostrando evidentemente o crescimento coletivo, impulsionado por Marina Silva e os candidatos à deputados que se motivam e saem em busca de votos. O eleitor por sua vez entusiasma ainda mais, pois faz o caminho inverso do candidato, ao identificar que é do Partido Verde, o aborda e solicita material de campanha. É sim! Algo tão forte. Está ideia do Partido Verde. Cujo tempo chegou.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Devido Legislação PV adia distribuições de Mudas

A distribuição de mudas de plantas, no domingo dia 19/09/2010 não se realizará, em razão da Resolução nº 23.191 do TSE, que dispõe sobre a propaganda eleitoral e as condutas vedadas em campanha eleitoral. - Art 10, § 3º - São vedadas na campanha eleitoral a confecção, utilização, distribuição por comitê, candidato, ou com sua autorização, de camisetas, bones, chaveiros, canetas brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vatagem ao eleitor.


Dia da Árvore
(21 de setembro)


Sua sombra é aconchegante, seus frutos são deliciosos, suas flores são belas, desde a nossa infância as árvores fazem parte da nossa vida e enquanto vivermos lembraremos sempre dos momentos que passamos junto à elas.

ARVORE É SINONIMO DE VIDA
As arvores são um dos primeiros seres vivos do planeta e desde o inicio da sua vida na terra, as árvores foram resistindo às mais diversas mudanças climáticas, renovando-se e transformando-se para poderem se adaptar a diferentes situações.
Entretanto, talvez agora o mundo esteja passando pela maior destas transformações ambientais, conseqüência do processo civilizatório, mas para que a nossa civilização possa continuar a existir e progredir é necessária a proteção das nossas arvores, pois são elas que garantem a sobrevivência de todos os outros seres vivos.
É indiscutível a importância das árvores na composição do meio ambiente e sua existência é indispensável para a manutenção da vida no planeta, a árvore protege o solo e as nascentes de rios, lagoas e lagos, preserva a vida silvestre e serve de berçário para diferentes espécies da fauna e flora.
O uso comercial da árvore é importante na produção de embarcações, casas, móveis, portas, esculturas, pisos, papel, entre outras peças, mas é importante compreendermos que o manejo deste recurso natural, deve ser controlado, observando sempre o cumprimento das leis que garantam à sustentabilidade do meio ambiente.
A árvore pode ser muito útil para nós, mas também é para todos os seres vivos do planeta, para cada ser vivo a árvore desempenha um papel fundamental, seja como moradia, como fonte de alimento, ou até mesmo, como reguladora da temperatura.
Quando uma arvore é derrubada, não se está somente desprezando um vegetal, mas interferindo no ciclo de vida de muitos seres vivos e contribuindo com a diminuição da nossa qualidade de vida.
Todo o progresso alcançado até hoje, não seria possível sem o uso deste nobre recurso natural, que batizamos com o nome de arvore, mas precisamos recuperar o equilíbrio, que deve existir, entre a vida e o progresso, e para isso será importante a conscientização e contribuição de todos.
O desmatamento coloca a civilização em perigo
- Nas últimas décadas, a média da temperatura mundial foi elevada em 0,7°C. no sul do Brasil, o aumento foi de 1,4°C.
- Em 2005, aconteceram 360 desastres naturais, um aumento de 18% em relação a 2004.
- Em 25 anos, 620 mil mortes foram registradas em virtudes de desastres naturais.
Desmatamentos e queimadas lançam, anualmente, mais de 200 milhões de toneladas de carbono na atmosfera;
Entre 2002 e 2005, a Amazônia perdeu 70.000km² de seu território em virtude de desmatamentos e queimadas indiscriminadas;
Até o final do século, prevê-se um aumento de até 7°C na temperatura da região semi-árida do nordeste brasileiro;
Atualmente, cerca de 1,2 bilhões de pessoas se encontram no estado de alta pobreza devido às condições climáticas de suas regiões;
Nos próximos 50 anos, o nível do mar deve subir entre 30 e 80cm, devido ao derretimento das calotas polares;
O aumento de temperatura registrados nos últimos 50 anos foi de 3°C;
Nos últimos 12 anos, na Antártica já foram perdidos 14km² de gelo;
O prejuízo estimado com os desastres ambientais dos últimos 10 anos é de 570 bilhões de dólares;
Como plantar uma árvore


O primeiro passo é verificar o local onde se deseja plantar para somente depois escolher o tipo de árvore.
Verifique a exposição ao sol - algumas espécies se adapta melhor a sol pleno, outras pedem muita sombra.
Observe a distância que a árvore pode ser plantada de muros e cercas.
É importante tomar cuidado com calçadas - algumas árvores têm raízes que danificam o calçamento e asfaltos. Em alguns casos, o ideal é plantar árvores como Ipês, que as raízes crescem na vertical.
Opte por fazer o plantio em períodos de pouco impacto térmico, como primavera ou outono.
Ajude o planeta terra, plante a árvore do PV
Executiva Municipal do PV de Porto Alegre
Email : pvportoalegre@ gmail.com

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Inaugurado Comitê Marina / Montserrat em Santa Maria



No sábado, 04 de setembro, o Médico Montserrat Martins, Candidato ao Governo do Estado/RS pelo PV, esteve em Santa Maria para inauguração do Comitê Eleitoral Marina Presidente/Montserrat Governador. ( Rua dos Andradas n. 1770 Centro Santa Maria RS)
A comitiva do PV contou da presença dos candidatos a deputados estaduais Maria de Lourdes e Rogério Lavarda.Os candidatos para deputados federais Marco Santos Mikonga e Claudio Milan.
A Comissão Executiva Municipal do PV recebeu filiados e simpatizantes que estão motivados pela crescente aceitação popular da candidatura de Marina Silva

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Agenda Montserrat Martins

Dia 01
as 7h caminhada na Estação Matias Velho em Canoas(trem) após o candidato irá visitar o Jornal de Canoas e o Timoneiro, 12 horas caminhada pelo centro da cidade de Canoas.

Dia 02
7hs Entrega de material na estação do triangulo ( zona Norte de POA, Assis Brasil com Baltazar)
14h caminha no Ceasa

Dia 03
8hs Esquina democrática ( dia inteiro)
17h um grupo vai descer para entrega de materiais na estação Mercado.

Debate da vice no colégio Maria Imaculada ( manha)

Dia 04

14:00h Inauguração comite Majoritária em Santa Maria ( candidatos enviem materiais para a sede O endereço da sede do PV é:
Rua dos Andradas n. 1770 Centro Santa Maria RS)

15 horas saida para Santana do Livramento

Dia 05

Visita São Gabriel

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Marcos acredita que é preciso renovação no Senado




Em visita ao Grupo Sinos na sexta-feira, o candidato ao senado Marcos Monteiro (PV) deixou claro que a intenção do partido quando fala em desenvolvimento sustentável não é trancar a economia. "Reutililização gera empregos, e é isso que queremos" diz ele. Marcos acredita que é preciso renovação no Senado e mais força jovem.

Se eleito, o representante verde promete brigar para que o Brasil invista 7% do seu PIB em Educação. "É preciso investimento para crescer e não crescer para depois investir em educação" analisa.

Entre seus projetos, está a luta para que seja aprovada as PECs 300 e 446, que estabelecem um piso salarial nacional para bombeiros, policiais civis e Brigada Militar. "É com investimentos no funcionalismo que garantimos mais segurança de qualidade para a população" diz.

Outro ponto que Monteiro ressalta ser importante é investimento em cultura. "O Brasil movimenta 8 bilhões de dólares em cultura por ano. É preciso apostar mais nessa área" conclui.

domingo, 29 de agosto de 2010

Dóris participou do debate na Band



No dia 26 de agosto a candidata a vice do PV RS Dóris Schlatter Participou do debate entre vices-governadores o evento contou com a presença de Marliane dos Santos (PSOL), (PV), Beto Grill (PSB), Pompeo de Mattos (PDT), João Carlos (PTC), Berfran Rosado (PPS) e Maximiliano de Andrade (PMN).
Os candidatos responderam perguntas de interesse dos gaúchos.Dóris representou bem o PV no debate.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Marina recebe apoio de Parlamentar Europeu



Foto Vanessa Koiki

A candidata a presidência da República, Marina Silva PV participou dia 25 de agosto de uma palestra em Porto Alegre.Alfredo Sirkis dirigente Nacional da sigla e Parlamentar do Partido Verde Alemão Daniel Cohn Bendit participaram do Evento no Salão de Eventos do Hotel São Rafael. Bendit reforçou a importancia do Brasil ter Mariana presidente. Montserrat Martins candidato a governador e Marcos Monteiro ao senado do PV comporam a mesa. Além da atividade que contou com os verdes do RS Marina Silva também inaugurou uma Casa de Marina em Canoas. Candidatos locais Cristiano Morais ( dep. federal ) e Gisele Euqued (dep. estadual ) acompanharam a candidata.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Montserrat Martins faz corpo a corpo com eleitores e prestigia eventos de membros do PV






Na tarde deste domingo (22), o candidato ao Palácio Piratini Montserrat Martins reuniu-se com eleitores para marcar presença em eventos promovidos por colegas de partido. A primeira parada foi no CTG da CEEE, onde discursou em defesa do meio ambiente e prestigiou junto com Marcos Monteiro, candidato pelo PV ao Senado, Chico Libório, que se lança para Deputado Estadual.
Mais tarde foi a vez de visitar o CTG Estância Azenha, local onde a candidata a Deputada Estadual Lourdes Dallacort promoveu um churrasco e um pequeno comício, com a presença de colegas de partido, eleitores e familiares.

domingo, 15 de agosto de 2010

Vice do PV RS Dóris Lea Schlatter em Barra do Rio Azul



Em um evento de suinocultores em Barra do Rio Azul o Partido Verde foi representado pela candidata a vice governadora de Montserrat, Dóris Lea Schlatter.
A vice do PV RS falou durante 20 minutos a respeito de Agronegócio, ressaltando a importância da criação de porcos, a plantação alimentos para a subsistência dos mesmos, a economia do RS e a exportação da carne suína. Também disse que para uma melhor aceitação da carne suína pelos países estrangeiros (principalmente mercado Europeu) e consequente aumento do comércio exterior, os suinocultores deveriam respeitar o uso do solo e da água de maneira responsável e sustentável. Que também deveriam usar tecnologia moderna e que deveriam transformar a biomassa resultante da criação de porcos em energia térmica resultante em energia.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Festa em apoio à candidatura de Eliane Carmanim Lima

SEXTA-FEIRA 13 - Festa no Restaurante Mantra

Festa em homenagem aos animais e em apoio à candidatura de Eliane Carmanim Lima para deputada federal – PVRS -4319.

Se você se importa com os animais faça do seu voto um manifesto e vote em Eliane Carmanim Lima para deputada federal. Justiça e Dignidade para quem não tem voz !

Nesta sexta-feira 13 ,festa especial de apoio à candidatura de Eliane C. Lima e pelos animais; como é sexta 13 vá fantasiado !

Endereço: Restaurante Mantra - Rua Santo Antônio, 372 – Porto Alegre

Horário: a partir de 19:45

R$: 25,00 – crianças pagam meia. Incluído bebidas e sobremesa e refeição livre ( e sem crueldade !)

Sugere-se uma fantasia de animais. Pode ser máscara, orelhas, pintas, etc. de qualquer animal ( de preferência não humano), mas sem fantasia também vale !

Neste dia não use couro , nem penas ou peles de animais ! (para os colegas do PV eu acrescentaria isto como dica de coerência e indico um filme que fala do impacto da pecuária no aquecimento terrestre: http://video.google.com/videoplay?docid=2756277227675684050# )

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Candidato do PV Montserrat em campanha em Santa Maria






Neste sábado dia 8 o candidato a governador Montserrat Martins fez uma caminhada acompanhado por integrantes do PV em Santa Maria. O candidato levou propostas voltadas as soluções de problemas para o ambiente físico e humano; saúde, educação, segurança, habitação, emprego e laser. Montserrat ouviu demandas de problemas locais dos santa marienses entres os quais a segurança e as questão das drogas, para o candidato é possível construir uma solução com o aparato do sistema público e a sociedade organizada. valorização e qualificação permanente dos servidores públicos. As pessoas da cidade de Santa Maria receberam com entusiasmo e simpatia o material de Marina Silva que foram distribuídos pelos integrantes da Executiva do PV local liderados ppor seu presidente Luiz Figueiredo. Estiveram em Santa Maria também os candidatos, ao senado Marcos Monteiro,deputado federal Mikonga e o estadual Lavarda.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Fundada a executiva do PV de Estância Velha RS





Estância Velha é a cidade mais recente onde foi fundada a Executiva Municipal do Partido Verde. Nesta Terça-feira 03 de agosto Rodrigo Kirschner presidente da sigla na cidade recepcionou lideranças locais que prestigiaram o ato que formalizou as atividades do PV no município. Os candidatos do PV ao goveno do RS Montserrat Martins, senador Marcos Monteiro , deputado federal Marco Santos (Mikonga) e deputado estadual Rogério Lavarda prestigiaram o evento. Nos discursos a tônica foi a candidatura de Marina Silva a presidência da República e a importância das propostas de desenvolvimento do Brasil com olhar verde, a vida, as presentes e futuras gerações.


Executiva do PV Estância Velha

Presidência

Rodrigo Kirschner

Vice Presidência

Simone Maroso de Oliveira

Secretaria de comunicação

Paulo E.Longaray de ávila

Secretaria da mulher

Elizete Marisa Kroetz Kafer

Secretaria Finanças

Inês Lucia Sack da Silva

Secretaria de Formação

Celeste dos Santos Lopes

Secretaria de Comunicação

Marcos Daniel Tisian

Secretaria da Juventude

Marlene A. de Souza



terça-feira, 3 de agosto de 2010

Montserrat Martins, do Partido Verde (PV), falou de suas propostas


Em entrevista aos jornalistas Dione Kuhn e Elton Werb, da editoria de política de Zero Hora, e respondendo a perguntas de internautas, o candidato ao Piratini Montserrat Martins, do Partido Verde (PV), falou de suas propostas, enfatizando o diferencial de seu plano de governo: o desenvolvimento sustentável, que não estaria presente nas propostas mais conhecidas.

Educação

O candidato deu ênfase à ideia de abolir as indicações políticas para os cargos de coordenadores regionais de educação. Sua proposta visa a criação de um conselho gestor, eleito pelas 30 Coordenadorias Regionais de Educação no Estado.

Estes coordenadores apontariam as diretrizes orçamentárias dos R$ 4,3 bilhões anuais destinados à pasta da educação no Rio Grande do Sul, que, segundo Monteserrat, não chegam até a sala de aula.

— Cargos de indicação político-partidária sobrecarregam quem está na sala de aula — explica o candidato.

Outro projeto na área de educação também foi comentado pelo candidato:

— Previmos um conselho deliberativo, onde pais e professores possam participar também deste processo.

Este conselho, disse o candidato, apontaria as demandas da comunidade escolar local. Montserrat afirmou que gostaria que todos os outros partidos "se comprometessem com a proposta do conselho gestor".

— O PV entende que a comunidade deve estabelecer suas prioridades — disse Montserratt, acrescentando que a sigla acredita na descentralização e na desburocratização de decisões e nos mecanismos de dar poder à população.

Montserrat defendeu o diálogo com o Cepers para qualificar a educação no Estado e afirmou que, em uma situação de greve, não tomaria nenhuma atitude sem ouvir os envolvidos primeiro.

— O diálogo é uma coisa maravilhosa na vida das pessoas — afirmou o candidato, que acredita que o "diálogo com empatia é a técnica correta para se colocar no lugar do outro".

Meio ambiente

Sobre a questão ambiental no Rio Grande do Sul, umas das grandes plataformas de seu plano de governo, Montserrat Martins falou da necessidade de reativar o programa Pró-Guaíba, que estaria "parado", afetando a saúde da população:

— A saúde começa pela água que nós bebemos, começa pelos rios — disse o candidato, que é médico.

Montserrat ainda relatou que técnicos do PV alertaram para o uso errado de fontes de energia, como o carvão. Conforme o candidato, as usinas termoelétricas usam tecnologias obsoletas e não aproveitam a totalidade da energia que geram:

— Se funcionasse bem, não precisaria construir uma nova. Não é interessante o Brasil, com tantas fontes renováveis de energia possíveis, investir no carvão como fonte energética. Não é inteligente — afirmou Montserrat.

O candidato também acredita no uso de incentivos fiscais para atrair empresas que utilizam tecnologias limpas. Montaserrat fez referência ao uso de filtros químicos, que seriam bastante onerosos, levando parte das indústrias gaúchas a não utilizá-los.

— Nós não vamos conseguir trabalhar depois com o acúmulo de resíduos na água, no solo e no ar, que estas indústrias causam — disse o candidato.

Saúde

Durante a entrevista, o candidato falou sobre as carências enfrentadas pelo Estado na área da saúde, cujas propostas não atenderiam às necessidades dos gaúchos.

— Não temos um bom atendimento nos postos de saúde — reclamou Montserrat.

— Quando se fala em ambiente, se pensa somente em ambiente físico. Nós pensamos também no ambiente humano — acrescentou o candidato, afirmando que, neste ambiente, envolve-se saúde e segurança.

Como médico e funcionário público, Montserrat acredita que há um grande número de aposentadorias que não ocorrem por tempo de trabalho, mas por doença, invalidez e problemas emocionais. O candidato propôs a realização de um estudo sobre a quantidade de aposentados por problemas de saúde:

— Qual o peso das doenças ocupacionais nesta aposentadoria? — questionou o candidato.

Outra questão abordada foi a dependência química. Para o candidato, o Estado não estaria fazendo a sua parte, uma vez que terceiriza o tratamento da dependência.

Montserrat sugeriu implantar no sistema de saúde a figura de um consultor e membro de grupo de autoajuda. Seriam ex-usuários, que enfrentaram o problema e seriam treinados para trabalhar junto com as equipes de saúde.

— Não custaria nada, pois são voluntários. O Estado não usa esse recurso humano. Melhoraria o atendimento sem ônus ao Estado — disse o candidato.

Déficit


Para o candidato, é obrigação do governante do Estado rediscutir a dívida pública com o Governo Federal.

— Quem quer que seja o governante do Rio Grande do Sul, ele deve enfrentar a renegociação da dívida — disse o candidato

Montserrat ainda defende o poder da opinião pública para a discussão da dívida com a união:

— A opinião pública é importante. Sem opinião pública, não teria passado sequer um projeto como o Ficha Limpa.

Segurança pública

Monteserrat acredita que os presídios gaúchos representam uma questão emergencial. Na área da segurança pública, o candidato disse que parcerias público-privadas poderiam ser interessantes, mas que deve haver a responsabilidade do Estado.

domingo, 1 de agosto de 2010

Piquenique foi atividade de campanha do PV






Integrantes do PV participaram de um piquenique no brique neste domingo (01-08). Além de cada integrante trazer um tipo de lanche, produziram de forma artesanal camisetas e banners do movimento Marina Silva Presidente. A atividade faz parte de um calendário de mobilização do Movimento Marina Silva que ocorreu em diversas cidades do Brasil ao mesmo tempo. Os candidatos do PV aprovetaram para distribuir materias de suas candidaturas.

quarta-feira, 28 de julho de 2010




UNIDADE PROGRAMÁTICA DO PV REPERCUTE NO PAÍS

A imprensa de várias partes do país registrou nesse começo de semana a construção da unidade programática entre as diretrizes de governo de Marina Silva (PV) e das candidaturas do PV em 11 Estados do país, após reunião ocorrida no último final de semana em São Paulo. No sábado todos os candidatos aos governos estaduais, mais os 14 concorrentes ao Senado pelo PV, passaram a tarde em encontro com João Paulo Capobianco, coordenador da campanha presidencial de Marina, ao qual compareceu ainda o marketeiro Paulo de Tarso (também conhecido como o criador do “Lulalá”) e demais membros da coordenação nacional.

Nas eleições de 2010 o PV – que optou por não fazer coligações – é o partido que conta com o maior número de candidatos a Governador, a Senador e a Deputados Estaduais e Federais. Tem candidaturas próprias nos maiores Estados do país, incluindo São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco e Paraná. No domingo, Marina e os candidatos fizeram gravações no estúdio (com a equipe indicada pelo cineasta Fernando Meirelles) e concederam entrevista coletiva (Na foto: Montserrat-RS, José Aparecido-MG, Fábio Feldman-SP, Marina e Gabeira-RJ).

terça-feira, 13 de julho de 2010

CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO AGONIZA!

O Brasil vive um momento muito delicado em relação à questão ambiental, com a possível aprovação do projeto de lei 1876/99 que modifica o código florestal brasileiro, Lei federal 4771, criada em 1965, um patrimônio da sociedade brasileira e uma referencia internacional no que diz respeito à legislação ambiental.
Políticos influenciados por ruralistas sem a mínima visão de futuro, propõem mudanças na lei 4771, alegando que o código florestal limita o desenvolvimento do agronegócio; Ora meus amigos todos sabem que o agronegócio é um dos responsáveis pela grave degradação ambiental no Planeta.
As mudanças propostas no projeto de lei são: quem desmatou até 2008 será anistiado e não precisara recuperar a área degradada, quem tiver propriedade até quatro módulos rurais não precisará ter reserva legal, a diminuição das APPs, áreas de preservação permanentes, diminuindo as matas ciliares que hoje é de trinta metros para quinze metros, assim expondo os recursos hídricos.
A autorização para que estados e municípios legislem sobre o código florestal, é o grande retrocesso deste projeto de lei, todos sabemos que os gestores públicos são facilmente influenciados pela força do dinheiro e do voto.
Portanto, devemos refletir e reagir, será que quem tem o poder de propor mudanças no código florestal brasileiro, tem a consciência necessária para uma decisão tão complexa, que pode causar impactos irreversíveis ao meio ambiente.
Somente quando o homem derrubar a última árvore, pescar o último peixe e secar o último rio, é que percebera que não comemos dinheiro. Sabedoria indígena.

JANIO ALBERTO LIMA

PRESIDENTE DA ONG WW BRASIL

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Marina no RS



O 30º Congresso de Municípios do RS contou com a presença da pré-candidata para Presidência da República Marina Silva (PV) que respondeu aos questionamentos de interesses dos prefeitos do RS.
Calamidade dos Municípios – desastres naturais,
Troca de Gestão e Continuidade Administrativa
Burocracia
Saúde
Responsabilidade Fiscal
Guerra Fiscal
Demandas do Rio Grande do Sul
Ensino Técnico Profissionalizante e Universitário
Transporte
Meio Ambiente
Pacto Federativo
Foram temas respondidos com desenvoltura por Marina Silva.

Na coletiva de imprensa Marina foi questionada por uma jornalista sobre seu posicionamento nas pesquisas. A avaliação que fez de uma campanha que está começando é positiva diante de seus concorrentes. Um está em campanha a 3 anos como cabo eleitoral o próprio presidente e dentro da estrutura do Estado e o outro a mais de um ano no mesmo quadro.” Nosso palanque está no coração das pessoas”.
Alguns jornalistas diziam que estávamos estacionados nas pesquisas quando tínhamos 3% depois diziam com 5% depois com 8%, depois com 9% ,outro com 12%.Sobre a estratégia para o pulo gato e chegar ao segundo turno Marina disse estar em segredo, pois se não fosse isso não seria uma estratégia.Além da Famurs Marina também participou de um programa de entrevistas na Ulbra TV sempre acompanhada pelos pré-candidatos; governador do RS Montserrat Martins, o vice Luiz Evangelista e ao senado Marcos Monteiro.

Marina Silva em Porto Alegre


Verdes

A pré candidata à Presidente da República Marina Silva do PV virá hoje ( 30 de junho) à Porto Alegre RS.

O avião que trará a Senadora atrasou por falta de teto no aeroporto de São Paulo (SP).

Ela dará entrevistas a emissoras de rádios e TVs

Participará de um Evento da Famurs às 14 horas

Local: Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael - Av. Alberto Bins, 509 – Centro – Porto Alegre/RS

Marco Santos Mikonga

Comunicação PV RS




sábado, 26 de junho de 2010

Marcos Monteiro será o candidato do PV RS ao senado


Marcos Leandro Greff Monteiro
Casado, 37 anos, Graduado em Licenciatura Plena em História pela Faculdades Porto-Alegrenses - FAPA e Pós-Graduado em Cultura Afro -Brasileira pelo Complexo de Ensino Superior de Cachoeirinha - CESUCA .
Atualmente, Historiador da Secretaria Municipal da Cultura de Cachoeirinha e Professor de História da Secretaria Municipal de Educação de Alvorada. Tem experiência na área de História, atuando principalmente nos seguintes temas: história, memória e patrimônio, cultura, educação, educação patrimonial e ambiental.



A definição da vaga ao senado aconeceu neste sábado 26 de junho a Sede do PV RS em Porto Alegre. A vaga estava sendo disputada por Dóris Lea Schlatter, Marcos Monteiro, Claudio Milan e Jorge Fonseca.1º suplente Jorge Xavier Fonseca 2º suplente Valmir Rodrigues da Silva
A decisão foi tomada pelos membros da Executiva Estadual do RS que seguem uma estratégia de indicar um único nome para o senado. O nome definido foi Marcos Monteiro agora fecha a chapa encabeçada por Montserrat Martins e seu vice Luiz Evangelista.






segunda-feira, 21 de junho de 2010

RIO GRANDE SUSTENTÁVEL



O Rio Grande Sustentável, Programa de Governo do Partido Verde para o Rio Grande do Sul, é uma parte integrante do Projeto Brasil Sustentável, da nossa candidata Marina Silva, futura Presidente do Brasil.

O PV gaúcho hoje compartilha o mesmo compromisso do PV em todo o país, com um modelo de desenvolvimento para o século XXI, no qual o ambiente é compreendido como indissociável da economia, pois se o Brasil hoje começa a se projetar como potência econômica é por ser, antes de tudo, uma potência ambiental.

O Rio Grande tem muito a contribuir com o Projeto Brasil Sustentável e é dessas contribuições que vamos falar agora, da vocação dos gaúchos para este projeto. Em primeiro lugar, o século XXI é o das novas tecnologias, as tecnologias limpas. Temos uma população que, no contexto do país, detém os mais altos índices de educação, de cultura e de mão de obra qualificada, capazes de tornar nosso Estado um Pólo de Tecnologias Limpas, de atrair para cá as empresas desse novo modelo econômico. Vamos citar um exemplo importante, os equipamentos anti-poluição como é o caso dos filtros químicos para o tratamento dos resíduos industriais que afetam a água, o ar e o solo. A falta desses equipamentos deteriora a qualidade da água que abastece toda região metropolitana e entorno, cerca de 40 % da população do Estado. Nesse sentido é que deve ser direcionada nossa política de incentivos fiscais, para produzirmos esses equipamentos, reduzindo os seus custos para nossas indústrias e nos tornando capazes de exportá-los.

A infra-estrutura para o desenvolvimento também requer um novo modelo, sendo inconcebível nossa atual dependência de uma rede de transportes exclusivamente rodoviária.

Por falta de visão antecipatória, no tipo de desenvolvimentismo em vigor desde os anos 60, não temos hoje no país uma malha ferroviária para transporte de cargas e de passageiros e no Rio Grande não temos sequer uma rede integrada de metrôs para sua capital e região. Nosso modelo rodoviário além de poluidor também é ineficaz, cada vez mais congestionado, lento e caro, a ponto de o Estado recorrer às concessões para sua manutenção pela iniciativa privada. Onde não houver condições de novos investimentos, que as concessões sejam um instrumento para a diversificação de nossa matriz de transportes, para a construção da malha ferroviária que não temos, a qual necessariamente terá de ter preços competitivos para os usuários de transportes, a fim de ser viável.

Sustentabilidade, precisa ser dito, vai além da integração entre os fatores econômicos e ambientais, inclui também os fatores humanos. Porque além do ambiente físico há o ambiente humano, das relações sociais. E nesse sentido também precisamos redirecionar os projetos do Estado para a Educação, para a Saúde e para a Segurança.

Há um evidente desequilíbrio do ambiente humano nas relações entre os gestores do Estado e as centenas de milhares de servidores destas áreas. Os que atendem à população nas escolas, nos hospitais e nas ruas, se sentem sobrecarregados, desprestigiados, desamparados, pela enorme distância entre as diretrizes das cúpulas governamentais e a realidade das suas comunidades. A violência, a superlotação de hospitais e as crises escolares são reflexos desse desequilíbrio.

Valorizar a Educação vai além das questões salariais da categoria, é reconhecer a capacidade dos professores na formulação das diretrizes da pasta. O Programa de Governo do PV está propondo a criação do Conselho Gestor para a Educação, a ser eleito pelos próprios professores, para a gestão dos recursos da área, a fim de corrigir distorções.

Cuidar da Saúde da população requer o conhecimento dos modelos que melhor funcionam, como aqueles criados pela própria sociedade gaúcha em locais como a Santa Casa de Porto Alegre e o Instituto de Cardiologia, nos quais a estrutura do SUS é ampliada por doações de Fundações e empresas, resultando em melhores equipamentos e estrutura de pessoal para o atendimento. Essa gestão compartilhada entre SUS, Fundações e empresas tem permitido também atendimento qualificado pelo SUS em regiões como o bairro Restinga, na Capital, onde o Programa de Saúde da Família reduziu a mortalidade infantil a zero e reduziu drasticamente a gravidez na adolescência.

O Programa de Governo do PV para o Rio Grande do Sul e o Projeto Brasil Sustentável valorizam as iniciativas da sociedade civil, numa visão do Estado em parceria com a sociedade, sem tutelá-la, dirigindo seus esforços para estimular as melhores respostas aos seus problemas, como as citadas acima, na área da saúde.

O Estado, no entanto, deve enfrentar diretamente as questões centrais da saúde pública, que hoje incluem a dependência química, cujo tratamento tem sido terceirizado tanto a nível estadual quanto pelos municípios, sem que a rede de saúde esteja sendo estruturada para enfrentar esse drama. A terceirização nessa área específica não tem bons resultados nem como estratégia de tratamento, nem de gestão de recursos, é dispendiosa e ineficaz. No mundo inteiro, as entidades com maior experiência na recuperação e prevenção de recaídas são os chamados grupos de auto-ajuda, nos quais voluntários auxiliam no atendimento, sem custos. A rede de postos de saúde do Estado, em todos os municípios, pode e deve trabalhar com a colaboração de tais voluntários, chamados de consultores quando qualificados para trabalhar em conjunto com as equipes de saúde nesta área. Enfim, nessa área o Estado não pode mais se omitir, se escondendo do problema ao "terceirizá-lo".

A violência é hoje uma chaga com a qual não podemos nos acomodar, nem nos refugiarmos em falsas soluções individualistas ou desesperadamente revoltadas. Seu enfrentamento requer a participação da comunidade e das próprias famílias envolvidas no problema, como ocorre no modelo de Justiça Restaurativa, no qual o Rio Grande do Sul tem um projeto-piloto exemplar no país. O modelo de segurança cidadã, proposto pelo Partido Verde desde a formulação da Agenda 43 para o Rio Grande do Sul, inclui o reconhecimento do papel fundamental que os policiais civis e militares desempenham em suas comunidades, de modo a que recebam a estrutura necessária a fim de prestar o atendimento devido aos cidadãos.

O Projeto Rio Grande Sustentável, com uma visão estratégica do papel do Estado, tem entre suas prioridades o apoio ao setor primário, no qual o fomento à agricultura familiar é fundamental não apenas para a produção de riquezas, como também instrumento para conter o êxodo rural (e crescente urbanização em detrimento das áreas rurais) e, ainda, porque o equilíbrio ambiental depende do desenvolvimento da produção agrícola de modo sustentável, com o uso adequado do solo e dos recursos hídricos.

Tanto pelo interesse social quanto como estratégia de mercado, é importante que o Estado cumpra seu papel de incentivar a diversificação da produção agrícola, no sentido de evitar tendências à monocultura que deixem à agricultura gaúcha à mercê das oscilações de preços do mercado internacional, bem como de orientar setores da produção para áreas de maior interesse social, como é o caso de incentivo de regiões fumicultoras para diversificarem sua atividade com produção agrícola destinada a biocombustíveis. A assessoria técnica quanto ao uso sustentável do solo e dos recursos hídricos, pode ser viabilizada em cooperação com quadros técnicos da iniciativa privada e de ONGs tais como, a título de exemplo, o Projeto Águas Limpas, de Horizontina.

A capacidade de geração de empregos, enfim, que se espera de um Estado capaz de induzir ao desenvolvimento sustentável, deve ocorrer com a integração de projetos das áreas econômicas, sociais e ambientais, como ocorre nas indústrias de reaproveitamento de materiais, um potencial econômico quase inexplorado que hoje representa um desperdício de 8 bilhões de reais por ano no país.

Atividades integradas entre as várias Secretarias (tais como Obras, Turismo e Comunicação Social) podem ocorrer, por exemplo, nas Feiras Tecnológicas Agropecuárias.

Para que os produtores possam se adequar à legislação ambiental, o Governo (Poder Executivo) deve facilitar o acesso também às informações jurídicas, de forma desburocratizada e acessível (de modo análogo, por exemplo, ao sistema de informações desburocratizadas fornecidas pelos funcionários dos Juizados Especiais Cíveis, do Poder Judiciário).

As micro e pequenas empresas sofrem para responder às questões burocráticas necessárias à constituição e manutenção administrativa de suas atividades (incluindo as documentações exigidas pelo Estado). O acesso a tais informações também tem de ser facilitado, para não criar mais obstáculos às atividades econômicas.

O modelo de desenvolvimento sustentável proposto pelo Partido Verde, portanto, está presente em seu Programa de Governo para as mais diversas áreas da sociedade, que espera que o Estado cumpra o seu papel de estimular e direcionar as atividades econômicas e sociais de modo harmônico com o ambiente físico e humano do Rio Grande do Sul.

Porto Alegre, 20 de junho de 2010.

domingo, 20 de junho de 2010

Pré-candidata vaí de Bicicleta a Convençao do PV RS



Hoje durante a convenção do PV RS na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, praticamente fui o último a sair do evento quando ví alguém descadeando a magrela (bicicleta). Quando tive agradável surpresa de constatar que era uma de nossas candidatas que veio de bike na convenção.Registrei e encaminho a animada verde Gisele de Cássia Fleck nossa pré-candidata a deputada estadual que foi a única candidata a ir de bicicleta a convenção.Que foi assediada pelos colegas verdes que aprovaram sua atitude.
Gisele de Cássia Fleck atua na educação desde o ano 2000 no ensino público.
Atuando na área dos direitos humanos e civis na busca de condições mais justas de maneira não apenas a preservar, mas reverter o quadro de devastação da saúde sócio ambiental em que estamos imersos.Pretende somar energias na conquista de votos para Marina Silva e os demais conceitos do Partido Verde.É advogada e pós-graduanda em pedagogia da arte.
Mikonga
Comunicação PV RS

PV RS define candidaturas para 2010



O Partido Verde do RS homologou as candidaturas do governador, vice, deputados federias e estaduais. Somente a candidatura para o senado que será definida no decorrer desta semana, segundo orientação da direção nacional do PV terá um unico candidato ao senado no RS. Devido este fato a Executiva Estadual do PV RS reunirá os nomes interessados para chegar a um consenso.
O PV concorrerá com chapa própria com Montserrat Martins para governador e Luis Carlos Evangelista como vice.Serão 21 candidatos a deputados federais e 51 candidatos estaduais.


Confira a nominata

Governador: Montserrat Martins
Vice: Luís Carlos Evangelista

Senadores

Dóris Lea Schlatter
Marcos Monteiro
Claudio Milan
Jorge Fonseca

Suplentes
Valmir Rodrigues
Elton Tejada

DEPUTADOS FEDERAIS PV RS

Alda Terezinha Lopes Miller
Porto Alegre

Alvino Andrades Bresan
Sapiranga

Ana Regina Lara de Souza
Rio Pardo

Artur fonseca da silva

Carlos Adrian Kupp
Porto Alegre

Célio Antonio Cervo
Porto Alegre

Claúdio Roberto dos santos insauriaga (CURURU)

Cristiano Ferreira Moraes
Canoas

Edison Martins dos Santos
Novo Hamburgo

Eliane Carmanim Lima
Porto Alegre

Engolberto João Rieger
Alvorada

Evaldo Vargas Perez

Geraldo G. de Oliveira
Porto Alegre

Gisele Gloria
Porto Alegre

João Camargo do nascimento

Sapucaia do Sul

Jorge Luis dos santos Castro (Jorge Ruas)

José Eldir Barbosa
Vacaria

Marco Antônio dos Santos Mikonga
Campo Bom

Marcos Abreu Saad
Rio Grande

Marcos Paulo Paroleiro da Silveira (Gigante)

Maria Idalina Oliveira Soares

Nélson Carvalho Vasconcelos
Porto Alegre

Paulo Henrique dos Santos
Esteio

Paulo Ricardo da Luz Mello

Rafael Amadel Milani
Caxias do Sul

Reni Vilmar

Valdemir Lima Fernandes
Porto Alegre

William Melo
Porto Alegre

Dr. Benjamin
São Leopoldo

Mano Rocha
Porto Alegre


DEPUTADOS ESTADUAIS PV RS

Airton da Silveira Machado
Eldorado do Sul

Airton Silva Machado
Porto Alegre

Almira Barboza
Porto Alegre

Ana Maria Borges Felizardo

André Luís Kieling
Lageado

Capitão Luis
Porto Alegre

Celso Luiz de Abreu
Parobé

Chico Libório
Porto Alegre

Denis Rafael Hartmann

Durval Salgado Viñas
Capão da Canoa

Edison Lacerda Gonçalves
Esteio

Edson Estivalete Bilhalva

Eduardo Antunes Dias
Porto Alegre

Eduardo Portella Pinheiro
Porto Alegre

Ernani Pereira
Santa Cruz do Sul

Fábio Francisco Miotto
Porto Alegre

Gelson Heurich
Novo Hamburgo

Gisele Fleck
Porto Alegre

Gisele Gomes Uequed
Canoas

Guilherme Bastos
Alvorada

Jair Daniel da silva

Jacy Francisco Dias da Silva
Porto Alegre

Jairo Ricardo A. Canabarro
Gravataí

Joel Treviso
Guaporé

Júlio Sawaya
São Leopoldo

Juraci T. Bonzato Moro
Garibaldi

Kleber Gauteiro de Souza
Rio Grande

Leandro Oliveira da Luz
Porto Alegre

Luciano Perlin Müler
Porto Alegre

Luciano Reis de Mello
Viamão

Luis Alberto Negrinho Jr.
Porto Alegre

Luiz Antônio
Porto Alegre

Luiz Felipe V. Corrêa Oliveira
Porto Alegre

Márcio Fialho
Cachoeirinha

Marco Antônio da R. P. Filho
Porto Alegre

Maria de Lourdes Dallacort Zampieron
Porto Alegre

Mário César Jobim Soares
Esteio

Mateus Vasconcelos
Porto Alegre

Matheus Cunha Duarte Silva
Rio Grande

Marinez Monteiro
Gravatai

Mauro Rossal Carvalho
Viamão

Paulo Ricardo “Moto Boy”
Porto Alegre

Paulo Ricardo Luiz Mello
Alvorada

Paulo Radamés Fabiano Barbizon

Radamés Fabiano Barbizon
Vacaria

Reni Vilmar
Gravataí

Rogério D. Lavarda
Campo Bom

Romeu F. Bischoff
Igrjinha

Sérgio Luis G. Trindade
Porto Alegre

Sidney J. Mattos Bretanha
Arroio Grande

Zilá Botelho
Viamão

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Ernani Pereira o pré-candidato a deputado estadual do PV de Santa Cruz



Neste domingo (13-06) na Churrascaria do Gringo em Santa Cruz a convite de Ernani Pereira presidente do PV da cidade recebeu a visita do pré candidato a governador do Estado do RS pelo PV Montserrat Martins e o também pré-candidato a deputado federal Marco Santos Mikonga. A reunião almoço tratou das estratégias das candidaturas e propostas a serem defendidas pela sigla nestas eleições. Ernani Pereira terá sua candidatura homologada pelo PV RS no próximo dia 20 na Câmara de Vereadores da Capital. Será um dos nomes de representantes de Santa Cruz nas eleições gerais deste ano.

Cartilha do Candidato Verde 2010

Candidatos do Partido Verde!
Executiva Nacional Lança Cartilha para candidatos do Partido Verde
http://www2.pv.org.br/noticia.kmf?noticia=10169135&canal=252

domingo, 13 de junho de 2010

NOVA SEDE ESTADUAL DO PV/RS



As secretárias de Relações Públicas e Comunicação tem a honra de informar a seus militantes, filiados, executivas municipais, simpatizantes, os meios de comunicação e a comunidade o novo endereço da Sede Estadual do Partido Verde do RS, agora em uma das avenidas mais históricas e movimentadas de Porto Alegre: AV Farrapos 2032 no Bairro Floresta.
Em breve comunicaremos os horários de funcionamento e o numero telefônico, bem como a data de inauguração!
Parabenizamos a todos militantes por mais esta conquista!!

Att,

Luciano Müller
Sec. Estadual de Relações Públicas PV/RS
Cel: 78142321

Email: lmuller@hotmail.com
Mikonga
Sec. Estadual de Comunicação PV/RS
Cel:99680409
Email: mikonga@terra.com.br

Vereador Ricardo conversa com Jornalistas da RBS



O Vereador Ricardo Canabarro(pv) Convida O Jornalista Lasier
Martins Para Fazer Parte Do Partido Verde ...lasier Comentou, Quem
Sabe...num Futuro Prõximo...já Que Alguns Jornalistas Estão
Ingressando Na Vida Pública Partidária...mas Hoje Milito Pela R.b.s
...riu...posa Na Foto O Apresentador Tulio Nilmann Ao Lado Do
Vereador Ricardo(pv) E Lasier Martins